Defensoria Pública de Minas Gerais

Igualdade e cidadania para todos


Defensoria Pública em Uberlândia lança curso para Formação de Defensores Populares


Por Ascom em 8 de agosto de 2019

A Defensoria Pública em Uberlândia lançou, na quarta-feira (7/8), a segunda edição do curso de Formação de Defensores Populares. O tema deste ano é “Mulher e Direitos Humanos: desafios atuais na efetivação dos direitos”. O lançamento aconteceu no auditório da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

São parceiros da Defensoria Pública, Laboratório de Direitos Humanos e Justiça Global (UFU/CNPq); Faculdade de Direito da Universidade Federal de Uberlândia; Comissão de Direitos Humanos da 13ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Minas Gerais; Escola Superior da Advocacia – Núcleo Uberlândia; Ministério Público Federal. O curso conta ainda com o apoio de: Escola Superior da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais; Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFU; Ministério Público do Trabalho.

De acordo com a defensora pública Bárbara Silveira Machado Bissochi, o curso tem como objetivo principal a formação de agentes multiplicadores em direitos humanos, com foco no direito das mulheres.

“A ideia é capacitá-los para que desenvolvam, em suas comunidades, políticas de efetivação destes direitos, disseminando o conhecimento sobre meios de acesso à Justiça e sobre os mecanismos alternativos de resolução de conflitos, assim como encorajar o desenvolvimento de ações e projetos locais de promoção e defesa das mulheres”, explica a defensora pública.

Com duração de quatro meses – de setembro a dezembro –, a formação é dividida em quatro módulos, com aulas sempre aos sábados. As inscrições, gratuitas, estarão abertas de 15 a 30 de agosto. Para maiores informações e inscrições, acesse: https://www.labdireitoshumanos.org/capacitacao/2019-2-curso-defensores . Serão disponibilizadas 120 vagas. Veja o cartaz.

Pela Defensoria Pública em Uberlândia estava presente, além da defensora pública Bárbara Bissochi, o coordenador local da Instituição, Clayton Rodrigues Sabino Barbosa; participaram também do lançamento o procurador da República, Onésio Soares Amaral; a coordenadora do Escritório de Assistência Jurídica Popular da Faculdade de Direito Professor Jacy de Assis, Neiva Flávia de Oliveira (UFU); o professor da UFU Rodrigo Vitorino; e as advogadas Flávia Brito e Jéssica Carvalho, ambas da Comissão de Direitos Humanos da OAB/UDI

Outras edições

Em 2017, por meio da Defensoria Especializada na Mulher Vítima de Violência (NUdem-MG), a DPMG formou a primeira turma de 114 defensoras populares em Belo Horizonte, com o objetivo voltado à valorização do papel da mulher na sociedade. Em 2018 a Formação de Defensores Populares foi realizada pela primeira vez em Uberlândia, voltada para a capacitação de 100 agentes multiplicadores em direitos humanos.

Clique aqui para ver a matéria do MGTV 1ª edição – Uberlândia.



Transparência

O que é?

O objetivo dessa sessão é permitir o acesso transparente, rápido e fácil aos documentos e informações relacionadas à Execução Orçamentária e Financeira, Licitações, Contratos e Convênios.

saiba mais >